Sou uma observadora nata das pessoas, dos lugares, das coisas do cotidiano... Sorrio, choro, me emociono, me deixo levar pelo mar de sentimentos que a vida tem a oferecer... Às vezes chata, às vezes insuportável, mas, às vezes, uma flor de pessoa, amável e delicada. Sou uma constante inconstante.. Sempre mais do mesmo, mas o mesmo diferente a cada dia... Quando tudo parece perdido, despedaço-me e renovo-me como a natureza para sentir-me novamente forte... Sou menina moleca, mãe dedicada, mulher serena, rebelde sem causa, despida de preconceitos e pré-noções... Sou um misto de várias coisas por aí que fazem de mim, simplesmente, Aline.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Para onde você vai quando morrer?


Olá pessoas!
Volta e meia tenho pensado em para onde vamos quando morrermos... Essa vida tão atribulada e estressante me faz querer viajar para um lugar distante e muuuuito tranquilo.
Se não me engano, existe uma terra chamada de Summerland, a terra do verão eterno, onde a paisagem é sempre verde e o ar é sempre puro. Um lugar onde a natureza reina soberana e o homem não se sente superior, mas parte dela. Não sei quanto a vocês, mas é para esse lugar que eu vou! E lá irei me refugiar de toda essa bagunça que a Terra se tornou. Vou sentar na grama com os gnomos e os duendes, tomar chá com biscoito e bater um papo cabeça. Vou entrar numa roda de dança sagrada e cantar cantigas antigas, no melhor estilo de “música celta”, ao som de flautas, gaitas, harpas violinos, banjos e bandolins. Lá não há lugar para os ignorantes e mal educados. Todos vivem em perfeita harmonia, numa irmandade, refletindo sobre a vida que viveu, repensando seus atos, descansando, acalmando e purificando o coração, para assim, poder um dia retornar renovado e forte.
A vida é um ciclo onde vamos e voltamos... E assim será até se alcançar o mais alto grau de perfeição, e enfim, poder fazer parte do cosmo divino eternamente. Quantas mortes terrenas serão necessárias para alcançar esse grau eu não sei, só sei que aproveitarei ao máximo a estadia na terra do verão eterno com os meus amigos pequeninos... Eles sempre têm um grande conselho e uma grande lição para nos ensinar. E cada vez que eu voltar, retornarei como uma pessoa bem melhor e mais evoluída.
Pois é, pessoas, o texto é meio que em tom de brincadeira, mas no fundo ele é sério, é nisso mesmo em que acredito. Acredito que a morte não é nenhum bicho de sete cabeças, ela faz parte da nossa vivência e pode, sim, ser muito bonita.
E você, em que acredita?

7 comentários:

  1. Oi Aline!
    É, eu ando pensando nisso também. depois que vi o filme Nosso Lar, fiquei um pouco assustada com as primeiras cenas logo que o personagem morre e passa um tempo penando, ai, é horrível.rsss
    No entanto, acredito que deve haver um lugar de paz.
    Beijinhos e uma linda tarde!

    ResponderExcluir
  2. EU ACREDITO EM VIDA APOS A MORTE CLARO

    MUITO MESMO EU TENHO RESPOSTAS DE MUITAS QUESTÕES ATRAVES DESSA VERDADE QUE ACHO SER A CORRETA.
    SEI QUE ESSA VIDA E ESSE MUNDO NÃO PODE SER O UNICO LUGAR E A UNICA VIDA MESMO
    DEUS NAO FARIA ISSO COM A GENTE

    SEI QUE JA VIM MUITAS VEZES E SEI QUE IREI VOLTAR MUITAS POIS NAO APRIMOREI MUITO NÃO AINDA TENHO UNS SENTIMENTOS NEGROS QUE DEVO DEIXAR DE TER PARA IR PARA ESSE CANTO BOM QUE VOCE DISSE

    EU JA ACHO QUE O ALEM É COMO NO FILMENOSSO LAR E FIQUEI FELIZ DE SABER QUE TEM PC POR LA ADORO MINHA NET

    EM SONHOS JA VISITEI MEU PAI EM ALGUNS LUGARES ..E TENHO CERTEZA FOI QUASE REAL..
    E O LUGAR É REALMENTE MÁGICO

    BEIJOS ALINE

    ACREDITE NO QUE TE FAZ FELIZ ISSO É BOM ..

    OTILIA

    ResponderExcluir
  3. Oi Aline,
    Muitas vezes eu também penso sobre esse assunto,acho que isso é uma coisa que mais cedo ou mais tarde passa pela nossa cabeça.
    Eu espero que lá nesse lugar para onde vamos depois da vida seja realmente um lugar bem tranquilo,muito cheio de amor e que eu encontre alguém muito amado que anda fazendo uma falta gigante.
    Dias de luz e alegria pra vc,abraço,=)

    ResponderExcluir
  4. Eu não sei para onde vou, penso frequentemente sobre isso. Se for por fá vou pro céu. Se for por indignação vou pro inferno. Hahahahah! Será que não tem meio termo? Ah...Gracinha o blog. se tiver lista de seguidores vou seguir, adoro questionamentos e te convido a passear pelo meu Confissionarium, ok? Beijos e um ótimo restinho de domingo!

    ResponderExcluir
  5. Postagem muito linda!
    Não me preocupo com a partida,pois ela tem volta e agora,já brinco,converso e me distraio com os gnomos,fadas,duendes e até com os anjos!!!
    Foi muito bom passar por aqui,pois gostei do que li!

    ResponderExcluir
  6. Vim aqui deixar um presente pra vc,
    meu selinho em comemoração aos 500 seguidores do blog.

    Espero que goste e leve-o!

    Beijos meus...
    segue o link do meu carinho a vc:
    http://momentosdapathy.blogspot.com.br/2012/07/meu-muito-obrigada.html

    "Que seja doce..."

    ResponderExcluir
  7. Aline,tu sabe o que eu tenho vontade de te perguntar nesse momento né?Tu sabe que a minha mão já tá fechada e tu sabe pra quê!
    Fresca...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...